Logo

Parceria entre escritórios de contabilidade e advocacia: por que formar alianças?

Publicado em 11 de junho 2018

A organização das atividades empresariais, seja de pequenas ou grandes empresas, startups ou corporações tradicionais, envolve inúmeras atividades, tais como gerenciar os recursos humanos, gerir o fluxo de caixa, realizar o marketing e entregar o produto/serviço proposto aos clientes.

Além destas, duas atividades estão na base da organização das empresas, e são essenciais ao seu sucesso: a contábil e a jurídica.

O contador tem uma função de extrema importância para as instituições empresariais, uma vez que sua atividade permite saber o estado da saúde financeira das empresas.  Na execução de suas obrigações, o contador fornece ao empresário ferramentas que possibilitam uma análise da situação econômica de suas atividades, que serão utilizadas para traçar os rumos do negócio.

Mais que isso, o contador tem outro papel de relevância: intermediar as atividades da empresa com um dos seus maiores sócios, o Estado, que abocanha cerca de 1/3 do faturamento empresarial com tributos. Os escritórios de contabilidade são os principais responsáveis por realizar as declarações das empresas ao Fisco, contabilizando quais serão as obrigações tributárias a serem realizadas pelos gestores dos negócios.

Por tudo isso, costuma-se dizer que não existe um negócio sem um contador. Nada mais justo.

Porém, muitas vezes, os escritórios contábeis acabam sendo demandados para realizar atividades mais vinculadas à seara jurídica do que a contábil propriamente dita: realizar e revisar contratos; organizar operações de planejamento tributário; realizar denúncias espontâneas; responder a questionamentos de órgãos governamentais, tais como Receita Federal e Ministério Público; impugnar e oferecer recursos em processos administrativos tributários são algumas dessas atividades.

E no intuito de não deixar o seu cliente sem respaldo, frequentemente os contadores acabam realizando tais atividades, perdendo tempo na realização das verdadeiras atividades-fim do seu escritório, muitas vezes sem remuneração, e correndo riscos desnecessários por estarem atuando área alheia à sua afinidade.

Por isso, a parceria entre escritórios de contabilidade e departamentos jurídicos é de extrema importância. Tal colaboração tem inúmeras vantagens para os contadores e os seus clientes. Listamos algumas a seguir.

– Recepção de conteúdo atualizado sobre mudanças legislativas e decisões judiciais: escritórios de advocacia modernos produzem conteúdo atualizado acerca das alterações legislativas e jurisprudenciais sobre aspectos contábeis e fiscais, permitindo aos contadores se manterem atualizados sobre mudanças que podem beneficiar de forma incisiva os seus clientes.

– Segurança na atuação: a realização de atividades jurídicas pelos contadores pode possuir equívocos que irão colocar a imagem do escritório de contabilidade em risco. Por exemplo, uma atuação incorreta em uma impugnação tributária que cause a condenação do cliente pode levar este a colocar em xeque a capacidade do escritório contábil para a realização de suas atividades rotineiras. Por isso, melhor ter um parceiro a indicar que se aventurar em outras áreas que podem causar prejuízos futuros.

– Concentração nas suas atividades-fim: inúmeras vezes, a realização de atividades jurídicas adicionais toma um grande tempo do contador, retirando a sua concentração e disposição para as atividades para o qual foi verdadeiramente contratado.

– Fortalecimento da seriedade na atuação: parcerias com departamentos jurídicos agregam valor a imagem do escritório de contabilidade, demonstrando ao cliente que o seu escritório contábil tem uma atuação responsável, ciente das suas reais responsabilidades e atribuições, e está cercado por parceiros de inquestionável capacidade técnica.

– Fim da não remuneração pelas atividades extras: constantemente, os escritórios de contabilidade não são remunerados pelas atividades “extras” que realizam. Ou sejam, são demandados a realizar atividades adicionais sem serem devidamente valorizados pelo tempo e capacidade intelectual utilizada. Uma parceria evita esse problema.

– Ausência de custos para o escritório contábil: em regra, a parceria entre escritórios de advocacia e escritórios de contabilidade não gera custos para nenhuma das partes.

– Comunicação entre os departamentos: apesar de serem atividades que demandam um contato e uma sinergia constante, muitas empresas possuem escritórios de contabilidade e jurídicos que não possuem nenhuma ligação. A parceria amplia essa comunicação, facilitando o trabalho de ambos.

Diante disso, para se munir de todas as vantagens acima listadas, é fundamental uma boa parceria entre escritórios contábeis e jurídicos. Como demonstrado, essa aliança representa um papel fundamental na profissionalização, segurança jurídica e atuação do seu escritório contábil.

Contato

Ficaremos honrados em retornar seu contato para esclarecer dúvidas ou atender solicitações. Estamos disponíveis pelos seguintes meios:
Campos com * são necessários

Brasilia - DF

Brasília Empresarial Varig, SCN, QD 4, BL B, 100, Sala 1201, CEP: 70714-900.

Natal - RN

Av. Senador Salgado Filho, 2.190, Ed. Portugal Center, Loja 20, Lagoa Nova, Natal - RN, CEP 59056-000.

FIQUE ATUALIZADO

Se você já possui um cadastro.

Faça login

Se você ainda não possui cadastro.

Registre-se
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório